Especial Open Innovation Week 2014

ed035_logoOIW20147ª edição da Open Innovation Week será uma semana dedicada inteiramente à colaboração e à geração de ideias

Caros amigos da inovação,

É com grande alegria e entusiasmo que, mais uma vez, trazemos a vocês a Open Innovation Week, uma semana construída a muitas mãos, mentes e corações, dedicada a debates em torno da conexão entre redes e comunidades que praticam inovação em suas mais variadas formas. Novamente estaremos em São Paulo, no WTC, só que desta vez de 1 a 4 de dezembro.

Como nas edições anteriores, o Open Innovation Seminar abre a semana no dia 1 de dezembro, tendo como tema central “As novas práticas da interatividade social e como isso tem impactado os modelos de inovação corporativa e empreendedora”. O seminário é o grande destaque da OIW por reunir e envolver representantes das diferentes comunidades inovadoras em debates aprofundados e discussões sobre as novas práticas de inovação.

ed35_graficoOIW2014

Outra atração da semana em 2014 é o Congresso de Inovação Brasil-Alemanha. O programa estará integrado à OIW e contará com representantes de alto nível da indústria, da pesquisa aplicada, empreendedores e facilitadores da inovação dos dois países, que irão responder as seguintes questões: como a indústria pode aumentar sua competitividade pelo uso de novas tecnologias e soluções inovadoras? Como as barreiras entre o ‘mundo acadêmico’ e o ‘mundo prático’ podem ser superadas? O que pode ajudar empresas inovadoras a crescerem e manterem o sucesso de seus negócios?

O congresso abre ainda o debate da inovação tecnológica na indústria brasileira através da cooperação entre empresas e instituições de P&D, e da inovação organizacional e de modelo de negócios em empresas pela sistemática da gestão do ‘Capital Intelectual’. Será apresentado o case do planejamento e implementação dos 23 institutos de Inovação junto ao SENAI no Brasil, além da demonstração da metodologia ICS (Intellectual Capital Statements) aplicada como piloto em 10 micro e pequenas empresas do setor de óleo e gás.

No segundo dia, acontecerá o SPEI - Seminário de Políticas Públicas e Ecossistemas de Inovação, onde a comunidade da inovação irá discutir e desenvolver, em um momento muito propício, propostas de reformulação das atuais políticas públicas às autoridades que irão compor o novo ciclo de governos federal e estadual.

Uma atração à parte será o Workshop Design for Environment, que acontecerá nos dias 3 e 4 de dezembro. Parte dos problemas ambientais da atualidade tem origem em procedimentos que desconsideram o impacto na hora de projetar, manufaturar e vender bens e serviços. O Design para o Meio-Ambiente representa uma tendência mundial nos campos da arquitetura, engenharia e design, cujo objetivo é desenvolver produtos e serviços que reduzam o uso de recursos não-renováveis. O workshop visa fomentar a discussão técnica e legal sobre o tema, compartilhar as melhores práticas mundiais e disseminar este novo conceito em nossa indústria.

Durante todo o evento, haverá ainda as Open Innovation Arenas. Metodologia de encontros que objetiva reunir grupos diversificados de organizações para a compreensão e definição de desafios comuns que possam orientar e incentivar programas colaborativos de inovação.

Programas colaborativos também terão seu espaço, como é o caso do Grand Prix de Inovação, competição com 72 horas consecutivas de desafios, disputados por equipes multidisciplinares, onde é possível o espectador experimentar inovação em tempo real, do esboço ao protótipo. Neste processo, empresas, pesquisadores e empreendedores poderão identificar e definir desafios comuns e de interesse da sociedade, compartilhando conhecimento e criando novos modelos de negócio para exploração das inovações.

O foco do universo do empreendedorismo ficará nas dinâmicas propostas durante a 100 Open Startups e o Encontro de Empreendedorismo Inovador. Essas atividades promoverão encontros onde diferentes iniciativas e programas nacionais e internacionais voltados à capacitação e à criação de comunidades de empreendedorismo terão a oportunidade de interagir com potenciais clientes, investidores e parceiros na construção de novas conexões capazes de alavancar negócios. O objetivo é maximizar oportunidades de interação entre empreendedores e diferentes representantes de startups, especialistas, grandes empresas, venture capitalists, investidores-anjos, comunidade científica, órgãos de fomento e mídia.

Neste Encontro acontecerão:

Final Nacional do Desafio Brasil – 30 startups, vencedoras dos desafios regionais, dos seis principais ‘clusteres’ brasileiros, irão interagir com o público do evento de forma a se prepararem para a banca de juízes formada pelos principais venture capitalists do País. O grande prêmio é representar o Brasil na competição global SeedStars World em Genebra.

Desafio Cidades Inovadoras – As 10 melhores startups do Brasil com soluções para os desafios das grandes cidades serão apresentadas ao público e terão oportunidade de apresentar seus ‘pitches’ para executivos de grandes empresas e investidores ali presentes. Participarão dessa atividade empresas como a IBM, Embraer, Intel, Evonik, Shell, Andrade Gutierrez, Fiat, Siemens e Telefônica.

Desafio Inovação na Educação - O SENAI, a Estácio de Sá, a Metodista e a FGV irão interagir com startups brasileiras que apresentem propostas e soluções capazes de contribuir para a inovação no ensino. Vivemos um cenário de grandes mudanças no Brasil e no mundo: novas tecnologias e mudanças no estilo de vida permitem e, ao mesmo tempo, exigem maneiras novas de aprender e compartilhar conhecimento. Dado este cenário o desafio proposto foi: Como preparar o profissional do futuro?

Desafio E-Health - O Fleury Medicina e Saúde e o Hospital Israelita Albert Einstein irão interagir com as startups brasileiras que apresentam propostas e soluções capazes de contribuir para a inovação em e-health. Alguns dos principais desafios em saúde envolvem a redução de custos; aumento de segurança, confiança e integridade dos sistemas; mobilidade urbana; melhoria dos serviços de saúde; interoperabilidade entre os sistemas; maior abrangência e qualificação do acesso aos serviços de saúde; educação para promoção e prevenção; e escalabilidade com impacto.

Desafio Digital Applications - A CI&T, multinacional brasileira do setor de software, busca parcerias com startups que tenham interesse na realização de negócios em conjunto, em desafios encontrados pela CI&T no mercado. O Desafio tem como objetivo desenvolver negócios com startups cujas soluções ou expertise possam ser aplicados à resolução de problemas de mercado para empresas que atuam nos segmentos de Seguros, E-commerce, Financeiro e Utilities.

Pitch The Editor / Pequenas Empresas, Grandes Negócios – Serão selecionadas, no evento, as 3 startups mais inovadoras e conectadas para serem fonte de matérias da próxima edição da revista editorada pela Globo.

Agradecemos a todos que, de algum modo, participaram desta construção e esperamos contar com todos lá, contribuindo com os debates, ampliando as conexões e enriquecendo os resultados para que tenhamos uma OIW relevante para cada um!

Um grande abraço,

Carla Colonna
Equipe de Execução OIW 2014 – 7ª Open Innovation Week

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>